Samsung junta-se à Google para atacar a Apple!
Filipe Alves

Samsung junta-se à Google para atacar a Apple!

PUB

A Samsung uniu-se de forma simbólica à Google para atacar a Apple de uma forma diferente. Em síntese, estamos a falar apenas das SMS.

Aliás, da insistência da Apple com o iMessage a obrigar que os seus utilizadores a ficar dentro de uma "bolha azul".

Samsung pressiona Apple devido às mensagens

De forma a incentivar a Apple a abrir um pouco o seu sistema, a Samsung decidiu publicar um vídeo de 20 segundos onde fala que os "bolhas verdes" também querem ter as mesmas possibilidades dos bolhas azuis.

Passo a explicar de forma concreta. Porque se não tens iPhone a história de bolhas verdes e azuis pode passar ao lado.

O problema da Apple e os bolhas verdes e azuis

Em resumo, quem tem um iPhone e comunica com outro iPhone utiliza o iMessage. Este serviço é idêntico às mensagens normais. Contudo, dá para enviar fotografias, emojis, vídeos... sem pagar mais por isso. Ou seja, um autêntico WhatsApp. Estes são aqueles utilizadores que dentro do chat tem os bolhas azuis na conversa.

Contudo, se o utilizador do outro lado tiver um smartphone Android, os bolhas de conversa são verdes. Indicando ao utilizador que se enviar fotografias ou vídeos, vai pagar o que a operadora cobra por um MMS.

No entanto, tudo poderia ser de rápida solução se a Apple se atrevesse a colucar RCS (Rich Communication Services). Um serviço que está instalado por defeito na maior parte dos smartphones Android e permite que os utilizadores usem a App de mensagens como se fosse a do WhatsApp.

Só que a Apple continua sem aderir a essa moda. Fechando os seus utilizadores à bolha azul.

iMessage é importante para a Apple

Todavia, temos de entender o lado da Apple. Se há uns anos, os iPhones e Android's eram verdadeiramente diferentes, nos dias de hoje, tal não é o caso.

A Apple consegue travar utilizadores de saírem do iPhone devido ao seu ecossistema de produtos e serviços. Um desses serviços é o iMessage. Não podes fazer um grupo de chat no iMessage com alguém que não tem esse serviço.

Enquanto que o WhatsApp na Europa é predominante, nos Estados Unidos, o iMessage é a solução mais utilizada. Ou seja, abrir a mão do iMessage para introduzir outros equipamentos, seria dizer aos seus utilizadores: "podes mudar para Android que não perderás a conversa dos teus amigos". Algo que a Apple, escusado será dizer, não quer.

A Google já há muito que vem a dizer à Apple de forma pública que está na hora de mudarem o pensamento. Agora é a vez da Samsung fazer o mesmo.

Vê mais no Droid Reader:

via

Filipe Alves profile image Filipe Alves
Publicado a
Notícias Samsung Google