• Home
  • Notícias
  • Adeus Bard, Olá Gemini: Google renova a sua inteligência artificial em smartphones
Adeus Bard, Olá Gemini: Google renova a sua inteligência artificial em smartphones
Por Abílio Rodrigues

Adeus Bard, Olá Gemini: Google renova a sua inteligência artificial em smartphones

A Google acaba de elevar a fasquia no mundo da inteligência artificial (IA) com o lançamento do Gemini, o seu mais recente modelo de IA generativa, prometendo transformar a forma como interagimos com os nossos dispositivos móveis.

Esta inovação surge como parte de uma série de atualizações que visam integrar mais profundamente a inteligência artificial nas aplicações diárias dos utilizadores, substituindo a já conhecida Assistente Google e o chat Bard.

Lançado inicialmente em dezembro, o Gemini destaca-se pela sua capacidade multimodal, capaz de compreender texto, voz, imagem e contexto, oferecendo uma resposta rápida e eficaz, superando as capacidades do ChatGPT da OpenAI.

Google transforma Bard em Gemini: o futuro da assistência por IA

O Gemini não é apenas um salto qualitativo em termos de capacidade de IA. Representa também uma mudança significativa na maneira como os utilizadores podem interagir com seus dispositivos.

Ao dizer "Hey Google" ou ao pressionar o botão home, os utilizadores são agora redirecionados para este novo modelo de IA, permitindo-lhes fazer perguntas e comandos usando voz, texto ou mesmo imagens. Este avanço estará inicialmente disponível nos Estados Unidos e em inglês, com planos para expandir progressivamente para outros países, embora ainda sem datas específicas para a Europa, dada a complexidade do ambiente regulatório da União Europeia.

A transição para o Gemini requer uma escolha ativa por parte do utilizador, com a promessa de funcionalidades adicionais, como gestão de calendário e alertas, a serem desenvolvidas. A Google assegura, contudo, que os utilizadores poderão, a qualquer momento, optar por regressar ao Google Assistant.

Gemini substitui Google Bard: a nova face da IA da Google chama-se Gemini

Nova era digital com Gemini: inovação e acessibilidade

Além da integração do Gemini nas assistências digitais dos smartphones, a Google disponibiliza também com uma versão avançada paga, o Gemini Advanced, integrado ao Google One.

Este novo modelo, baseado no Ultra 1.0, oferece capacidades de programação, raciocínio lógico e execução de instruções detalhadas em projetos colaborativos. Disponível através de um novo plano, o IA Google One Premium, os utilizadores podem desfrutar de uma avaliação gratuita de dois meses antes de se comprometerem com a subscrição mensal.

Este lançamento marca não apenas uma evolução na oferta de serviços de IA pela Google, mas também uma resposta às tendências do mercado, alinhando-se com iniciativas semelhantes da OpenAI e da Microsoft.

Gemini substitui Google Bard: a nova face da IA da Google chama-se Gemini

Com a promessa de acesso a funcionalidades mais complexas e integração com outras aplicações da Google, o Gemini e o Gemini Advanced procuram definir um novo padrão para a inteligência artificial no nosso quotidiano.

Vê mais no Droid Reader:

Por Abílio Rodrigues profile image Abílio Rodrigues
Publicado a
Notícias Google