Instagram Threads promete afastar-se das eleições!
Por Filipe Alves

Instagram Threads promete afastar-se das eleições!

As eleições estão aqui à porta. Não só as de Portugal, que se realizam a 10 de Março, como também as presidenciais dos Estados Unidos.

Assim sendo, ao contrário dos anos anteriores, a Meta (dona do Facebook e Instagram) decidiu declarar que fará de tudo para que as redes sociais não sejam tão implicativas como no passado.

Instagram Threads não quer cometer erros do passado!

Instagram Threads não quer cometer erros do passado!

A Meta continua a efetuar alterações significativas na forma como as suas aplicações sociais operam, em grande parte devido à União Europeia reforçar a fiscalização sobre os gigantes tecnológicos.

A nova legislação da UE procura criar uma economia digital mais justa e competitiva, algo que não pode ser alcançado sem regras rigorosas.

Algumas das mudanças que a Meta planeia implementar estão relacionadas com um tipo específico de conteúdo que a empresa de redes sociais recomendava agressivamente aos utilizadores devido ao seu elevado envolvimento.

Se és um adepto de assuntos políticos (como eu) e obténs a tua dose diária de notícias políticas através de aplicações sociais (espero que não), é provável que sejas afetado pelas próximas mudanças da Meta no Instagram e no Threads.

Ambas as aplicações deixarão de recomendar conteúdo político aos utilizadores, confirmou Adam Mosseri, do Instagram, durante o fim de semana. De acordo com ele, a Meta já não pretende "amplificar proativamente conteúdo político de contas que não segues".

Isso significa que, embora ainda possas ver conteúdo político das contas que já segues, já não receberás sugestões de conteúdo político de contas que não fazem parte da tua lista de seguidos.

As palavras foram as seguintes:

"Nas próximas semanas, iremos melhorar a forma como evitamos recomendar conteúdo sobre política em superfícies de recomendação - como Explore, Reels e Suggested Users - tanto no Instagram como no Threads." - Referido pela Meta.

Mosseri explica que, se o conteúdo político for publicado por uma conta que não é elegível para ser recomendada, esse conteúdo ainda pode alcançar os seus seguidores no Feed e nas Stories.

Apesar de a Meta deixar de recomendar conteúdo político, os utilizadores ainda terão a opção de aceder a este tipo de conteúdo se assim o desejarem. As alterações aplicam-se apenas a contas públicas e apenas nos locais onde o Instagram e o Threads recomendam conteúdo.

Vê mais no Droid Reader:

Por Filipe Alves profile image Filipe Alves
Publicado a
Apps & Jogos Notícias