O futuro da tecnologia desvendado: destaques e surpresas do MWC 2024
  • Home
  • Notícias
  • O futuro da tecnologia desvendado: destaques e surpresas do MWC 2024
Por Abílio Rodrigues

O futuro da tecnologia desvendado: destaques e surpresas do MWC 2024

PUB

No coração de Barcelona, o Mobile World Congress (MWC) de 2024 voltou a prender a atenção mundial, não só pela sua localização encantadora mas também pela panóplia de tecnologias inovadoras apresentadas.

Este ano, o evento destacou-se pela diversidade de gadgets interessantes, divertidos (e alguns até mesmo algo estranhos) que foram revelados ao público. Desde smartphones dobráveis a laptops transparentes, passando por um telemóvel flip da Barbie, o MWC foi palco de lançamentos que prometem revolucionar o mercado.

Vamos mergulhar nos destaques deste evento que marcou o primeiro ano lucrativo da HMD e apresentou avanços significativos no campo da reparabilidade dos dispositivos.

Google amplia fronteiras com o Gemini

A Google revelou novidades empolgantes para os utilizadores de Android, com a integração da IA Gemini em diversas aplicações, prometendo tornar a comunicação e a acessibilidade mais eficientes e personalizadas.

As principais marcas do mundo Android aproveitaram o MWC deste ano para nos mostrar o futuro da tecnologia.

Na aplicação Mensagens Android, por exemplo, o Gemini oferece a possibilidade de gerar automaticamente mensagens, permitindo aos utilizadores ajustar o tom de formal a casual, facilitando a composição de textos com eficácia e um toque pessoal.

Além disso, o Android Auto recebeu melhorias significativas com o suporte a resumos de texto e chats de grupo, além de sugestões inteligentes de respostas ou ações, como compartilhar a localização ou a estimativa de chegada.

As principais marcas do mundo Android aproveitaram o MWC deste ano para nos mostrar o futuro da tecnologia.

Outra inovação notável é a descrição AI-gerada de imagens na aplicação Lookout, agora disponível globalmente, ainda que apenas em inglês, uma característica particularmente útil para pessoas com visão reduzida.

A integração da tecnologia Talkback do Android com o Lens em Mapas permite agora ler informações sobre o ambiente circundante, como horários de funcionamento de estabelecimentos, diretamente no ecrã do smartphone.

Mais ainda, o Google Docs ganhou uma nova funcionalidade que possibilita adicionar marcações manuscritas usando dedos ou caneta em dispositivos Android, enquanto o Spotify Connect e o Health Connect trazem melhorias significativas para a experiência do utilizador.

Samsung: uma nova era para o bem-estar digital com o Galaxy Ring

As principais marcas do mundo Android aproveitaram o MWC deste ano para nos mostrar o futuro da tecnologia.

O Galaxy Ring, embora não inclua deteção automática de exercícios no seu lançamento, promete recursos inovadores como o acompanhamento do ciclo menstrual e o My Vitality Score.

Esta última funcionalidade, semelhante ao Body Battery da Garmin e ao Daily Readiness Score da Fitbit, propõe avaliar a prontidão física e mental do utilizador para enfrentar o dia. Detalhes sobre o preço e a data de lançamento permanecem em aberto, apenas sabendo-se que chegará ao mercado ainda este ano.

Xiaomi surpreende com lançamentos globais

Por outro lado, a Xiaomi apresentou um leque impressionante de novos dispositivos, destacando-se no cenário global com os smartphones Xiaomi 14 e 14 Ultra, além de um tablet e dispositivos vestíveis.

Com uma parceria com a Leica para o desenvolvimento das câmaras, os novos smartphones prometem revolucionar a fotografia móvel, oferecendo uma gama de funcionalidades avançadas, incluindo um sistema de lentes quádruplas de 50 MP e capacidades de zoom óptico aprimoradas.

As principais marcas do mundo Android aproveitaram o MWC deste ano para nos mostrar o futuro da tecnologia.

O Xiaomi 14 Ultra, em particular, impressiona com a sua capacidade de captura de vídeo HDR de alta qualidade e um sistema de carregamento sem fios extremamente rápido, representando o que há de mais avançado em termos de hardware. Contudo, o preço elevado destes dispositivos poderá ser um obstáculo para alguns utilizadores, apesar das suas capacidades inovadoras.

Além dos smartphones, a Xiaomi expande a sua presença no mercado de dispositivos vestíveis com o lançamento do Xiaomi Smart Band 8 Pro e do Xiaomi Watch S3, oferecendo opções acessíveis e avançadas para o monitoramento da atividade física e a gestão da saúde.

Motorola e OnePlus: dobrar expectativas e reinventar os wearables

A Motorola, por sua vez, apresentou o seu conceito de smartphone dobrável, o Adaptive Display, que, ao contrário dos seus antecessores Razr, permite uma flexibilidade total.

As principais marcas do mundo Android aproveitaram o MWC deste ano para nos mostrar o futuro da tecnologia.

Esta inovação abre novas possibilidades de interação, permitindo que duas pessoas utilizem o ecrã simultaneamente para atividades como ver um filme ou jogar, trazendo uma nova dimensão à partilha de conteúdos digitais.

A Motorola revelou também o Smart Connect, uma funcionalidade que permite uma integração sem precedentes entre smartphones, tablets e laptops da Lenovo, facilitando a partilha de apps e o uso de recursos entre dispositivos.

As principais marcas do mundo Android aproveitaram o MWC deste ano para nos mostrar o futuro da tecnologia.

A OnePlus não ficou para trás, com o lançamento do OnePlus Watch 2, marcando um avanço significativo em relação ao seu antecessor.

Equipado com dois sistemas operativos geridos por dois processadores diferentes, este smartwatch promete uma autonomia de bateria invejável, sem sacrificar funcionalidades. Com a capacidade de executar tarefas intensivas e manter funções essenciais com eficiência, o OnePlus Watch 2 está disponível para pré-encomenda, oferecendo uma promoção especial de troca que sublinha a confiança da marca na qualidade do seu novo wearable.

Honor: tecnologia que ultrapassa fronteiras

Por outro lado, a Honor elevou a experiência do utilizador a um nível completamente diferente durante a sua conferência de imprensa, onde o uso de "IA" foi uma constante.

Entre os vários dispositivos apresentados, destaque para o Magic 6 Pro, que em breve estará disponível para venda. Este smartphone incluirá, através de uma atualização de software, uma funcionalidade de rastreio ocular que permite ao utilizador expandir notificações simplesmente fixando o olhar nelas, uma comodidade particularmente útil quando não se tem as mãos livres.

As principais marcas do mundo Android aproveitaram o MWC deste ano para nos mostrar o futuro da tecnologia.

A demonstração mais estranha, contudo, envolveu o uso desta tecnologia para controlar um carro - um Alfa Romeo - através de uma aplicação com opções básicas como Iniciar e Parar Motor, Avançar e Retroceder.

Embora a demonstração tenha sido realizada sob estritas medidas de segurança e com o intuito de exibir a capacidade de rastreio ocular e não para controlar veículos no dia-a-dia, a experiência mostrou-se promissora e sem falhas, inclusive para utilizadores não asiáticos.

Uma nova era para a HMD e o renascer da Nokia

Numa tentativa de rebranding, a HMD, anteriormente conhecida pelas suas tentativas de ressuscitar a marca Nokia, anunciou uma mudança estratégica.

Focando-se agora no acrónimo "Human Mobile Devices", a empresa pretende distanciar-se do seu passado e apontar para o futuro com uma linha de produtos diversificada que inclui um telemóvel HMD, um icónico telemóvel Nokia, e, surpreendentemente, um telemóvel flip da Barbie, fruto de uma colaboração com a Mattel. Este último, prometido para o verão, é vendido como um dispositivo para detox digital e tem despertado curiosidade com a sua cor rosa característica.

As principais marcas do mundo Android aproveitaram o MWC deste ano para nos mostrar o futuro da tecnologia.

A HMD não se limitou, porém, a lançar novos produtos. Anunciou ainda o HMD Fusion, um sistema que permite a integração de componentes modulares nos seus smartphones, abrindo portas para inovações em baterias estendidas, scanners de código de barras, terminais de pagamento, e até equipamento médico.

Mais ainda, a empresa fez questão de salientar o seu compromisso com a reparabilidade, prometendo que metade dos dispositivos lançados este ano serão facilmente reparáveis.

Vê mais no Droid Reader:

Por Abílio Rodrigues profile image Abílio Rodrigues
Publicado a
Notícias Xiaomi Samsung Motorola Google OnePlus Honor HMD Nokia